fbpx

Plantão de notícias: Geodata lançará solução inovadora em breve!

Plataformas digitais já são comuns dentro dos canais de distribuição de insumos, e tem se tornado cada vez mais presente em toda a cadeia produtiva do agronegócio, coletando e armazenando dados que facilitam a gestão das propriedades e auxiliam nos processos de tomadas de decisão. Ok! Mas isso todos já sabem!

Então, me responda: como objetivamente essas ferramentas digitais podem facilitar o trabalho do engenheiro agrônomo no campo durante as visitas in loco ao produtor rural?

Sabemos que grande parte das visitas que são realizadas atualmente, não são tão eficientes quanto poderiam, mas esse cenário vai mudar!

Perde-se muito tempo no campo entre analisar o talhão, detectar as regiões críticas para coleta de amostras e encontrar o diagnóstico do problema que está reduzindo a produtividade da área do cliente.

Pensando em facilitar a vida do consultor durante as visitas e melhorar a assertividade da consultoria, a equipe da Geodata criou a ferramenta Smartpoint!

A ferramenta Smartpoint será lançada em abril, mas você já pode conferir algumas das novidades que ela irá trazer.

  • Eficiência nas visitas técnicas

Uma das principais vantagens de utilizar o Smartpoint será, sem dúvida, a eficiência que a ferramenta irá proporcionar ao consultor técnico e engenheiro agrônomo durante as visitas in loco nas fazendas.

O Smartpoint pretende otimizar o trabalho detectando de maneira inteligente e prática, as regiões mais críticas ou mais problemáticas dentro do talhão.

Esses pontos serão determinados utilizando técnicas de georreferenciamento e inteligência artificial, de acordo com as características de cada propriedade, localizando as regiões que apresentem baixa produtividade e com fatores que limitam a produção da área, permitindo rapidez na avaliação, além de melhorar a assertividade das recomendações dos consultores e técnicos de campo, otimizando o tempo e melhorando sua qualidade das visitas.

  • Armazenamento dos dados

O Smartpoint fará com que as vendas realizadas pela revenda agrícola sejam melhor direcionadas de acordo com a realidade de cada produtor, uma vez que, todo o histórico da propriedade ficará armazenado na plataforma.

As recomendações serão mais assertivas, feitas com base nos dados da fazenda, dando uma maior transparência e clareza nas informações repassadas ao produtor, com total segurança e profissionalismo.

Com o Smartpoint, será possível armazenar dados georreferenciados sobre o histórico dos talhões, abastecendo a plataforma e podendo também conter informações de:

  • Deficiências nutricionais;
  • Ocorrência de pragas e doenças;
  • Presença de nematoides;
  • Falhas de plantio;
  • Infestação de plantas invasoras;
  • Compactação de solo;
  • Problemas de manejo e outros…

E o mais interessante, essas informações ficarão disponíveis não apenas para o produtor e consultor técnico, como também para as revendas agrícolas. Assim, será possível dar continuidade aos atendimentos sem prejuízos numa eventual troca do profissional que assiste a propriedade, por exemplo.

Tudo isso ainda ficará disponível sob forma de relatório podendo ser exportado em formato pdf.

  • Laudos técnicos

Com o Smartpoint, depois da visita na propriedade, e com base nas análises realizados pelos laboratórios, um relatório é gerado automaticamente compilando todas as informações levantadas de forma prática e organizada.

Esse documento te ajudará a entender como estão todos os aspectos analisados, sejam eles químicos, físicos, biológicos do solo ou da própria cultura.

O objetivo é fazer com que os dados sejam melhores utilizados e direcionados para solução exata do problema.

  • Direcionamento objetivo

Com a ferramenta Smartpoint, o consultor será direcionado ao ponto dentro da propriedade, usando próprio celular para examinar a região e os dados para a análise.

Como mencionamos acima, a identificação destas regiões, será feita com base em imagens de satélite, levando em consideração o histórico das últimas safras, descartando fatores que causam interferência na análise, como nuvens, área de pousio, solos expostos, entre outros.

Com essas informações, o consultor focará em analisar a área identificada, coletando amostras, seja de solo ou folha, tirando fotos e fazendo comentários, para corrigir as falhas identificadas.

Nesta ferramenta será possível trabalhar durante o ano todo, ou seja, não apenas durante o período de safra, como também no período de entressafra.

  • Evolução da solução

E um outro ponto interessante, será a capacidade de sincronização das informações contidas no diagnóstico da propriedade com o portifólio de produtos do canal, direcionando a melhor solução para fatores detectados na fazenda.

Com tudo isso, ficará mais fácil para o consultor técnico, distribuidor agrícola e produtor, encontrar os limitantes de produtividade e assim trabalharem juntos em prol do aumento da rentabilidade.

Todo nosso time de P&D está em fase de lapidação final do Smartpoint, e se você, assim como nós, está ansioso e quer saber mais, fale com nosso time de especialistas em soluções inovadoras!

Por: Dra Jéssica PQ Barcelos

Inscreva-se em nossa newsletter

Inscreva-se e entenda mais sobre Agricultura de Precisão e como ela vai prosperar o seu negócio.

Scroll Up